7 de abr de 2014

Cap 42 - A Tentação (2ª edição) - Parte 4

OS TRÊS ASPECTOS DA TENTAÇÃO

“3E, CHEGANDO-SE A ELE O TENTADOR, DISSE: SE TU ÉS O FILHO DE DEUS, MANDA QUE ESTAS PEDRAS SE TORNEM EM PÃES. 4ELE, PORÉM, RESPONDENDO, DISSE: ESTÁ ESCRITO: NEM SÓ DE PÃO VIVERÁ O HOMEM, MAS DE TODA A PALAVRA QUE SAI DA BOCA DE DEUS. 5ENTÃO O DIABO O TRANSPORTOU À CIDADE SANTA, E COLOCOU-O SOBRE O PINÁCULO DO TEMPLO, 6E DISSE-LHE: SE TU ÉS O FILHO DE DEUS, LANÇA-TE DE AQUI ABAIXO; PORQUE ESTÁ ESCRITO: QUE AOS SEUS ANJOS DARÁ ORDENS A TEU RESPEITO, E TOMAR-TE-ÃO NAS MÃOS, PARA QUE NUNCA TROPECES EM ALGUMA PEDRA. 7DISSE-LHE JESUS: TAMBÉM ESTÁ ESCRITO: NÃO TENTARÁS O SENHOR TEU DEUS. 8NOVAMENTE O TRANSPORTOU O DIABO A UM MONTE MUITO ALTO; E MOSTROU-LHE TODOS OS REINOS DO MUNDO, E A GLÓRIA DELES. 9E DISSE-LHE: TUDO ISTO TE DAREI SE, PROSTRADO, ME ADORARES." MATEUS 4:3-9

O fato de Jesus ter sido tentado não é algo para nos assustar, muito menos desanimar.

O que temos que saber é que a tentação dele foi circunstancial e nada tem de potencial. A nossa, sim, é potencial. Pense comigo no seguinte: Jesus foi tentado em razão das trevas interiores dele? Não. De forma alguma. Nós dissemos que a tentação dele foi circunstancial a indicar para nós que chega um determinado momento na etapa evolutiva em que a tentação praticamente passa a inexistir em razão da ausência de treva íntima. Percebeu? O Cristo divino é a luz máxima vigorante que conhecemos e ele está, vamos dizer, imune a determinadas propostas de natureza inferior. Tentá-lo é como se alguém quisesse lançar uma bola de tênis sob um muro de concreto de um metro de espessura.

Essa bola afetaria em algo a estrutura do muro? Claro que não. Triste seria, e talvez nem estivéssemos aqui estudando, seria se ele tivesse caído na tentação.

Os três aspectos ou expressões em que a tentação de Jesus se manifestou definem exatamente as três áreas básicas suscetíveis de propiciar nossa queda no mundo. Dizem respeito às propostas sobre as quais a tentação se desenvolve.

Basta avaliar com carinho e veremos que elas incidem em cima de certos ângulos que ainda constituem as nossas fragilidades. Opera na síntese do que nós cultivamos ainda em termos de necessidades, de interesses e de desejos, em razão da nossa retaguarda. Correspondem aos três pontos nevrálgicos, se é que podemos dizer assim, da nossa personalidade, em que a todo o momento nós somos testados nas circunstâncias mais diversas. Isso é algo que precisamos considerar e ter sempre em conta se realmente quisermos crescer.

O primeiro ponto da tentação surge daquela ideia de se transformar pães em pedras.

Ou seja, ela incide na questão da alimentação. Alimentação, e isso é muito importante, não apenas no sentido somático, físico, biológico, mas também no seu aspecto psíquico. Mais do que a seleção de componentes que objetivam a satisfação e o reconforto do estômago temos também a necessidade de alimentação na sua acepção mental, pois sabemos que o homem não vive apenas de pão material. É essencial para a harmonia no plano íntimo a filtragem e a firmeza com que nos abastecemos dos pensamentos.

Jesus ter sido levado ao pináculo do templo, lá ser mostrado para ele todos os poderes temporais e afirmado que aquilo tudo poderia ser dele, mostrar-lhe toda a hegemonia do mundo no seu campo temporal e perguntar se ele não queria ser dono de tudo, no campo horizontal dos acontecimentos, é outro aspecto que, sem dúvida, não podemos esquecer. O fascínio e o apego pelas coisas materiais é outro ponto que tem nos colocado em situações de embaraço.

E falar da autoridade que ele tinha de pular do pináculo do templo para que os anjos pudessem segurá-lo na caída define a utilização do exercício da autoridade.

Essa questão relacionada com o poder, como faceta da serpente viva dentro de nossos corações, mostra um elemento que tem jogado muita gente para baixo, não tem? É o terceiro ângulo que tem nos colocado em situações difíceis, e que diz respeito ao desafio nosso quanto à utilização dos poderes conquistados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...